Água

O Daeb é responsável pelo abastecimento de água em Bagé, desde a captação até a distribuição. A água é captada nas três barragens: Emergencial, Piray e Sanga Rasa.  Após, ela é tratada na Estação de Tratamento de Água (ETA). Depois de tratada, a água está pronta para ser distribuída. Uma parte do abastecimento é realizada por alimentação direta, ou seja, vai por gravidade para as casas. Já em outros bairros, a água chega indiretamente. Ela é impulsionada por bomba até os apoiados, os reservatórios. Deles, é enviada para as caixas elevadas, de onde vai por gravidade para as casas.

ETA

Como parte integrante do Daeb, a ETA constitui-se de dois setores internos: Captação e Operação e Laboratório e Pesquisa.

SETOR DE CAPTAÇÃO E OPERAÇÃO: Monitora os mananciais de captação (Barragens) e suas adutoras (tubulações de água bruta até a ETA); operacionaliza a estação de tratamento em suas diversas atividades (manutenção preventiva, manobra de registros, operacionalização dos poços artesianos, apoio à condução do tratamento);

SETOR DE LABORATÓRIO E PESQUISA: Condução Qualitativa do Tratamento, através dos procedimentos analíticos: fisico-químicos e microbiológicos; compilação, análise e interpretação dos dados obtidos, intervindo, sempre que necessário, para as devidas correções e manutenção da qualidade do produto distribuído.


A ETA realiza o tratamento convencional para transformação de água bruta em água potável e distribuição da mesma à população bageense, primando pelos aspectos qualitativos e referenciados pela portaria n°518/2004 - MS. Para tanto, realiza análises periódicas (horárias, diárias, semanais e mensais) tanto na condução do tratamento quanto após a mesma ter sido distribuída, ou seja, monitorando o sistema em sua totalidade.

Análises Básicas de Condução do Tratamento: pH, Turbidez: Cor; Alcalinidade; Teor de Cloro Livre; Teor de Flúor.

Agentes Químicos de Tratamento: Sulfato de Alumínio (floculante); Cloro-gás (desinfecção); Fluossilicato de Sódio (proteção à cárie dentária).

Outras análises realizadas: Teor de Coliformes (microbiologia); matéria orgânica; Oxigênio Dissolvido (OD); Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO); Teor de Ferro; Teor de Manganês; Dureza.

 Se eventuais dúvidas surgirem em relação à qualidade da água distribuída, solicite a presença do corpo técnico (Engenheiros Químicos e/ou Técnicos Químicos) do Laboratório/ETA- DAEB, os quais estarão prontamente disponíveis a prestarem os devidos esclarecimentos.