• Caminhão-pipa do exército auxilia no abastecimento

    Publicado em: 16/02/2018 10:41

    Na manhã desta quinta-feira (15/02), um caminhão-pipa do exército de Bagé começou a atuar para amenizar os efeitos da estiagem na cidade. O comandante da 3º Brigada de Cavalaria Mecanizada, General José Ricardo Vendramin Nunes atendeu prontamente ao pedido do governo municipal, estabelecendo a parceria. 

    O veículo, com capacidade de 12 mil litros, vai auxiliar os outros dois caminhões do Daeb que estão abastecendo pontas de rede, ou seja, lugares em que a pressão da água é muito fraca, principalmente nos bairros Floresta, Prado Velho, Damé, Ibajé e Stand, além de locais prioritários que necessitarem urgente de fornecimento, como hospitais e escolas. Os caminhões do Daeb estão abastecendo 315 mil litros por dia, em diversos bairros. Além disso, está distribuindo, uma vez por semana, 40 mil litros para o Cemitério dos Azevedos, Corredor do Botica e Centro Social Urbano. 

    Outra ação que o Daeb está investindo é a reativação de poços. Um deles, é no bairro Malafaia, que já está em funcionamento desde a semana passada, com vazão de quase 9 mil litros por hora. Nos próximos dias, a autarquia irá colocar em atividade o outro poço localizado no mesmo bairro, além de trocar a bomba do poço do Tiarajú para melhorar a contribuição no abastecimento da região. 

    Também segue a obra de interligação entre as barragens, que o Departamento está realizando. O objetivo é transpor água da Barragem do Piraí, que está apenas 1,70 metros abaixo do normal, para a Barragem da Sanga Rasa, que está 5,60 metros aquém do ideal, representando apenas 56% da sua capacidade. 

    O rodízio de abastecimento, que divide Bagé em dois setores, recebendo água 12 horas por dia cada, continua devido à grave situação da estiagem. Na primeira quinzena de fevereiro, a Estação de Tratamento de Água (ETA) registrou apenas 29 milímetros de chuva.