• Obra busca poupar Barragem da Sanga Rasa

    Publicado em: 24/02/2018 16:51

    O Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) está concluindo a obra de interligação entre as duas principais barragens da cidade. A iniciativa visa transpor água da Barragem do Piraí para a Barragem da Sanga Rasa, reservatório com maior déficit hídrico no momento. A meta é injetar na adutora da Sanga Rasa 80 litros por segundo.

    Estão sendo implantados mais de 1.300 metros de rede, desde o dia 8 de fevereiro. O serviço todo está sendo feito por dez funcionários da autarquia, economizando em mão-de-obra. Em material, o Daeb investiu R$ 367.219,90. A estimativa é que o trabalho seja finalizado na próxima semana.

    Com a obra, o Departamento pretende reduzir a adução da Sanga Rasa em 40%, poupando a reserva desta barragem, que está com um volume de 715.868 m³, representando 53,2% da sua capacidade. O reservatório chegou hoje (23/02) a 6 metros abaixo do normal. O Piraí está 1,90 m aquém do ideal. “A obra de interligação está sendo realizada justamente pela maior facilidade de recuperação da Barragem do Piraí, que possui uma área de captação superior a 35 quilômetros quadrados frente aos 17 km quadrados da Barragem da Sanga Rasa. Assim, o Piraí tem uma rápida resposta, mesmo com chuvas de baixo volume, diferente do que acontece com a Sanga Rasa”, explica Éder Pereira, superintendente operacional do Daeb.

    Já o diretor geral da autarquia, Volmir Silveira, ressalta que esta obra é uma das mais significativas ações para amenizar os efeitos da estiagem no abastecimento. “Buscamos manter a reserva da Sanga Rasa por mais tempo, caso as chuvas não se normalizem na cidade”, afirma. Ele ainda relembra as outras medidas que estão sendo colocadas em prática pelo governo, como a reativação de poços artesianos e abastecimento via caminhão-pipa dos locais com baixa pressão d´água.