Perguntas Frequentes

Se proprietário do imóvel, deve apresentar identidade e CPF junto com o endereço do imóvel no Setor de Cadastro e Atendimento ao Público. Se não for o proprietário, deverá trazer junto da sua Identidade e CPF uma autorização do mesmo com cópia da identidade e CPF.

Se proprietário do imóvel, deve apresentar identidade e CPF junto com o endereço do imóvel no Setor de Cadastro e Atendimento ao Público. Se não for o proprietário, deverá trazer junto da sua Identidade e CPF uma autorização do mesmo com cópia da identidade e CPF.

Se proprietário do imóvel, deve apresentar identidade e CPF junto com o endereço do imóvel no Setor de Cadastro e Atendimento ao Público. Se não for o proprietário, deverá trazer junto da sua Identidade e CPF uma autorização do mesmo com cópia da identidade e CPF. Esta autorização pode ser adquirida junto ao Setor de Cadastro e Atendimento ao Público. Também é aceita procuração.

O usuário, de posse da matrícula do imóvel, que é encontrada no canto direito superior da conta de água, juntamente com o CPF do proprietário, que está cadastrado no sistema (se o CPF não está cadastrado é necessário atualizar o cadastro junto à Prefeitura Municipal na Secretaria da Fazenda), acessa o site do DAEB www.daeb.com.br e clica no link 2ª Via da Conta.

O usuário deverá entrar em contato com o Setor de Cadastro e Atendimento ao Público através do telefone (53) 3240-7800, ou do e-mail financeiro@daeb.com.br ou se dirigir ao DAEB.

Para consultar um protocolo, o usuário deve ter em mãos o número do protocolo e o CPF do titular do mesmo.

Se a matrícula for normal, ou seja, o usuário paga IPTU, é necessário que o mesmo faça a solicitação junto ao Cadastro da Prefeitura na Secretaria da Fazenda. Se for uma matrícula 90.000, deve ser solicitada a isenção no Setor de Protocolo no DAEB. Lista de documentos necessários: - Identidade, CPF e comprovante de residência em nome de requerente (ex: conta de luz, telefone, etc); - Certidão atualizada do Registro de Imóveis comprovando único imóvel (deve constar a expressão “único imóvel”) ou certidão negativa do Registro de Imóveis (onde conste que o requerente não possui nenhum imóvel registrado em seu nome). Se o imóvel estiver em nome do cônjuge ou companheiro (a) falecido (a) juntar também certidão em nome dele (a); - Comprovante de renda atualizado, para demonstrar que recebe até um salário mínimo e meio (se benefício do IPÊ: comprovante de rendimentos e negativa do INSS; se benefício do INSS: RV ou INFBEN e PESNON ou PESCPF e negativa do IPÊ); - Atestado de óbito quando o pedido for feito pelo cônjuge (viúvo (a) ou companheiro (a)). Se não constar o casamento no atestado de óbito, juntar cópia da certidão de casamento; - Procuração e cópia da identidade do procurador, quando requerimento for preenchido por procurador.

Ver ilustrações abaixo.